Bye Bye 2010

Se eu fosse resumir 2010 em uma palavra, resumiria em frustrante. É o típico ano que no início te mostra que as coisas podem dar certo mas, não dão. Tem nem como discutir aqui o porquê que não deram, mas simplesmente as conjunturas não foram favoráveis.

Foi um ano que pessoalmente foi ruim, no qual tive relacionamentos difíceis, tanto com familiares quanto com o namorado. Um ano em que o profissional também não vingou, deixando-me certas vezes desmotivada e triste, achando que a culpa podia ser da escolha que fiz pra minha vida.

Um ano em que a política me decepcionou e cada vez mais as pessoas que compõe este pais tão grande. Às vezes paramos de acreditar que é possível mudar as coisas, o meio que vivemos. Este ano não foi o "às vezes", foi o sempre: parei de acreditar em mudanças.

Apesar de ser apenas uma passagem de um dia pro outro, virar 31/12/10 para 01/01/11 nos enche de energia novamente. Parece que podemos consertar coisas, erros, escolhas ou quaisquer coisas que quisermos.

Parece q a esperança vem, os projetos reaparecem e você decide que vai ser diferente ou vai ser melhor.

Espero mesmo que 2011 seja muiiiiiiito bom! Maravilhoso até! Que eu finalmente consiga alcançar as coisas que almejo. Desejo isso pra todo mundo que aqui me lê. Espero muito isso, afinal, amo anos ímpares.

É isso ai gente!
;)

Comentários

  1. Dizem que quando a gente deseja sorte (e coisas boas em geral) para os outros acabamos por conseguir coisas boas e positivas também. Estou prestes a concluir minha graduação (tá... não tão "prestes" assim, pq 2011.2 tá meio longe), mas há tempos já me sinto frustrada com o rumo que as coisas tomaram. Sem perspectiva de obter colocação NA ÁREA - e não em qualquer coisa, como se eu nunca tivesse estudado. Desisti da Economia no 2º semestre e fui cursar Administração (não, não temos mais oportunidades...). Enfim, fico triste com a possibilidade de não conseguir uma vaga no mercado =(. E vejam só! Vc tbm é de Fortaleza! Voltando ao inicio do texto, desejo sorte a vc. Desejo verdadeiramente porque sei quão angustiante é essa sensação de "será q foi tudo em vão?", essa e outras incertezas... E que 2011 seja "O" ano!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas