Blue Valentine

Blue valentine é o típico filme que eu gosto: real. Não maqueia as coisas, não as tornam mais suaves. Simplesmente mostra que a vida é feita pela regra e não pelas exceções.
O filme retrata a vida de um casal de uma forma não-linear e é desta maneira que faz com que você reflita e veja os constrastes que existem na vida quando se está casado.

A primeira coisa que pensei foi o modo como as mulheres são educadas para esperar de um casamento. embora estejamos no sex 21, o casamento ainda é visto como algo eterno, mágico, apaixonante, no qual, homem tem de ser o provedor da casa, enquanto a muulher cuida da decoração e alguns bens superfluos. O homem é o cara que chega do trabalho e gentilmente janta com sua esposa ou é o cara que tem um bom cargo e não deixa faltar nada em casa.

Não é ser pessimista e não acreditar na instituição casamento, mas é saber que manter um requer muito mais que esperar que este seja eterno apesar de tudo.

Eu não sou casada, mas se voce não tem certeza de que quer isso pra sua vida e, principalmente, se vc n tem certeza do sentimento que tem para com essa pessoa, não case.

Simplesmente pelo fato de que realmente sem amor as coisas não andam. Não, ele não enche barriga, mas ajuda a suportar a provável falta de comida.

Dinheiro, emprego (principalmente a falta de um), ambição... tudo isso influi e pode criar uma crise catastrofica no seu casamento. Cria de tal maneira que as vezes muita mulher pensa: "Eu não casei para viver disso!". Ai entra as desilusões ocasionadas pelas expectativas criadas ainda quando jovens: esperar que o casamento e o seu marido sejam perfeitos.

e quando esta crise se alastra, ela vai corroendo cada parte do seu casamento. Não há mais beijos, muito menos tesão. Parece que as coisas se tornam mecanicas, corriqueiras de tal forma que executá-las é melhor do que questioná-las.

Até que um dia todas as suas frustrações se juntam e com elas vem o desrespeito, a rotina insuportável, a presença incoveniente... o abuso em se viver daquele jeito.

E acaba-se amargo o que se iniciou doce, pelo simples fato de que não se aceita que os fatos e coisas não são perfeitos e que é preciso de muito jogo de cintura para tentar tornar mais ou menos perfeito.

É exatamente isso que o filme retrata: quando não se ama verdadeiramente, é impossível aceitar a pessoa como ela é. E vc, está pronto para aceitar?


ps: não recomendo este filme pra quem está acostumado com comédias romanticas. Caso vc odiou Closer- Perto Demais, fique longe de Blue Valentine.

Comentários

Postagens mais visitadas