Py!

Ontem eu torci pelo Paraguai e vou explicar aqui o porquê.

Esse time brasileiro não me agradou. Sabe feeling feminino? Poisé, esse apitou. Nunca achei esse Ganso essas coisas todas, somando com o Daniel Alves, Lucas Neiva e Pato.

Sinto falta do artilheiro matador, o caboquinho que aproveita qualquer descuido da zaga. Sinto falta de um entrosamento capaz de deixar neguim zonzo com os passes de bolas perfeitos.

Não enxerguei nada disso nessa seleção e o reflexo foram os resultados pífios. Esse tal de Ganso deu uns passes bons aqui e acolá, mas as armações de jogadas, vi poucas.

Não vou nem mencionar o caso de que esse time foi a prova de quem foi realmente burro não foi o Dunga. O único técnico de seleção brasileira que eu vi barrar a emissora queridinha da CBF (tá parecendo papo de radical contra o capitalismo né? haha) e não se rendeu aos pedidos calorosos de pato, ganso ou a fauna todinha desse futebol.

Mas, de tudo, o que mais me impressionou, foi o quanto brasilerio se importa com futebol e que suas prioridades são tão inversas: primeiro a diversão, depois as preocupações. Nego roubando, corrupção truando e não vejo seu ninguém do povão reclamando disso.

Estamos mal.


Comentários

Postagens mais visitadas