Clássico Rei?

Tal denominação é usada aqui na terrinha para o jogo entre Ceará e Fortaleza. Ok, creio que deve ser usado em outras capitais também.


No dia que este "Clássico Rei" acontecer, recomendo a todos da cidade que não peguem ônibus das linhas que passam próximo ao estádio, não estacione próximo ao local e muito menos saia de casa.


Por que tanta recomendação? Porque a cidade fica refém de vândalos vestidos dos pés à cabeça com uniformes de torcidas "organizadas"  tá mais pra quadrilhas organizadas munidos de paus e pedras. Depredam o patrimônio da cidade, os ônibus que utilizam para ir ao estádio, quaisquer carros que por ventura ficam estacionados próximos ao local e, claro, o estádio. Cheguei ao ápice do post.


O Estádio Presidente Vargas ficou anos sendo reformado pela prefeitura de Fortaleza. Anos mesmo. As obras só foram apressadas devido a interdição do Castelão para a Copa 2014, pois na capital só temos 2 estádios que podem receber um volume maior de pessoas.


Depois de um "Clássico Rei" deste, o estádio se encontra em um estado deplorável: cadeiras quebradas, assentos retirados, vestiários com armários quebrados ou danificados, portas e quaisquer barreira física que possa existir ao redor destes vândalos que se dizem torcedores do coração.


A pergunta que eu faço é a seguinte: qual é o interesse do município em manter uma estrutura desta se, diante de tal jogo, só há prejuízo material? E principalmente, só há prejuízo para a cidade? Porque quem mora nas intermediações do jogo, tem de conviver com tiros, pedradas e corre o risco de apanhar, caso saia na rua.O que a sociedade de Fortaleza ganha ao manter um estádio assim? Qual nosso benefício?


Creio que esta deve ser a pergunta que deveria ser feita pelos gestores da terrinha. Fortaleza não pode ficar refém de pessoas que não zelam pela cidade e muito menos, não sabem torcer.


ps: à propósito, os tais vândalos foram presos, porém, o delegado os soltou afirmando que não havia motivo para mantê-los ali, pois nenhuma vítima  foi fazer BO. O outro motivo alegado pelo delegado, foi que os atos praticados pelos vândalos não configuravam como crime, ou seja, não foram tipificados como tal. Um absurdo.

Comentários

Postagens mais visitadas