Estudo Sociológico 1

Sexta me foi realmente um dia interessante em termos de vivenciar experiências novas e poder observar mais a atmosfera da onde vivo. Ok, dei uma exagerada básica.

Comecemos com o fato de que fui ao hospital infantil com meu sobrinho, pois este estava com prisão de ventre, sentia muitas cólicas por conta disso e mainha resolver levá-lo pro hospital público que trabalha. Depois de todo protocolo de recebimento e tal, eu  com ele nos braços, vem uma "mãezinha" (é como são chamadas qualquer pessoa com um menino nos braços Oo) e me pergunta:

- É seu? O que ele tem?
- Não, é meu sobrinho. Ele está constirpado. Sou muito nova ainda para ter um filho, dá trabalho, sacomé...
-Ué, você tem quantos anos?
-25.
-Vissh, tenho 26 e já tenho 3.

Para tudo Brasil: a mulher é um ano mais velha que eu e já possui 3 filhos. A pessoa que vos escreve ficou com cara de bunda, pois não conseguiu entender como é que alguém com 26 anos já tem três filhos. Alguém ai deve estar dizendo que eu só posso é ser alienada com relação a esta questão. Mas não é isso.

A cara de bunda foi devido ao fato de que aquela pessoa pode não ter tido todas as oportunidades que eu tive ou, se as teve, por algum motivo não as aproveitou. O fato é que no hospital infantil, o número de mulheres que aparentavam ser menores de idade era em maior número. 

E sim, eu leio pesquisas em relação a isto, mas você estar in loco é muito mais interessante, pois podemos ver que vida destas meninas podiam ser diferentes caso estas tomassem um outro rumo e/ou outras decisões.

E na verdade, me senti um pouco triste, pois imaginei milhares de novas possibilidades para aquelas que ali estavam. Não estou julgando que estas não são felizes desta forma - aí é outra questão, mas como seria a vida destas meninas caso elas pudessem aproveitar o que o mundo nos dá?



Comentários

Postagens mais visitadas