Luz.

É difícil enxergar. É difícil crer. É difícil notar. Mas ela está lá, esperando ser notada, reparada, sentida. É difícil, pois, nem sempre estamos rodeados de pessoas capazes de nos conduzir até lá, de dar aquele empurrão. Sim, existem aqueles que buscam por si só, mas às vezes a busca pode ser interrompida por inutilidades. Atenção inútil, excessos inúteis, divagações inúteis, pessoas inúteis. Aliás, pessoas inúteis podem ser úteis caso haja a devida observação do verdadeiro eu. Caso contrário, serão apenas inúteis. A luz interna, o eu interno está em cada um, mas nem todos podem ver, nem todos podem perceber o quão são capazes e, o que é realmente importante na vida. Nos descobrir como ser, como pessoa capaz, nos descobrir nos leva ao caminho da busca incessante pela felicidade. Nos leva a enxergar a luz. A Luz da Verdadeira Vida.

Comentários

Postagens mais visitadas