A Hora Mais Escura

Na boa, acho que Bigelow levou aquele Oscar por "Guerra ao Terror" por puro recalque da academia com o James Cameron. Posso caracterizar este filme com três palavras: lento, enfadonho e chato. Mas, para o post do filme não terminar por aqui, here we go!



O filme retrata todo o processo de busca ao Bin Laden pós 11 de setembro. Bigelow deve achar ainda que a academia irá premiá-la com outro filme com a mesma temática. Eu espero realmente que não.

Há muita cena desnecessária, que cansa... que dá vontade de passar logo, de tão cansativo. Creio que filmes assim deveriam ter um gostinho bom, pra instigar o telespectador, mesmo que na realidade as coisas não tivessem sido assim.

Por eu ter assistido Argo no domingo passado, estava com expectativas pra ver um thriller que me deixasse apreensiva. Poisé, não deu. São quase três horas de filme e pouquíssimas cenas de impacto e alguma pitada de sem noção.

Fora que ainda tem a Jessica Chastain, que tá concorrendo ao Oscar de melhor atriz. Desculpem mas... não convence e nem segura uma personagem do tipo. Inexpressiva, a mesma cara em todos os filmes que faz. É uma espécie de Kristen Stewart. Passa longe da estatueta, creio.

No mais, só recomendaria pra quem quer ver os filmes indicados e para aqueles que adoram uma temática que englobe guerra, pátria, orgulho, EUA.

ps: em um momento achei que o filme não iria cair no sentimentalismo patriota, já que o tom adotado foi que, em algum momento, os EUA foram os bad guys da história.

Comentários

Postagens mais visitadas