Sepang

Foto: esportes R7

Cês não tão achando essa foto de pódio estranha não? Nessas minhas madrugadas automobilisticas não lembro de ter visto um pódio tão triste e sem sal. Na verdade, um pódio constrangedor, com nego sem jeito, e olhando de lado.

Bem, o gp da Malásia foi bem diferente do que os treinos livres pintaram. Neles, a Ferrari de Felipe Massa andava bem, a Force India surpreendia, assim como a Mercedes e a Lotus.

No gp, vimos uma Ferrari já acabada na 2º volta, com Alonso abandonando a corrida depois de ter seu bico espatifado após a largada; Massa apático; Force India esquecendo como se faz um pit stop e; a Lotus correndo mediano.

A corrida em si teve outros pontos altos. Digo que três. A primeira cês conferem ai ó:



HAHAHA. Epic FAIL do ano, de temporadas! Mas confesso que fiquei com peninha dele, gente! Nem eu estou acostumada a vê-lo na Mercedes, quem dirá o próprio que cresceu dentro da McLaren!

A segunda e a terceira são similares. Imagine dois pilotos da mesma equipe que estão em posições de pódio (ou de possibilidade de um) e um deles começa a andar mais rápido porque o desgaste de pneus do outro tá bem crítico. Então, pra equipe não se arriscar a perder um pódio por causa de uma eventual parada nas voltas finais, é bom para ela que o piloto que esteja atrás continue... atrás!

No caso da Rbr, Webber estava no P1, seguido de Vettel, que andando mais rápido, nem titubeou, passou mesmo. Tanto de posição quanto a ordem da equipe. Por rádio, ouve a informação de que ele deveria se manter onde estava. Mas né, Vettel nem deu ouvidos. Fuck off seus pneus, Webber! Se vira!

A outra equipe que protagonizou o mesmo gueri gueri foi a Mercedes com Lewis e Rosberg, que ficou p da vida com a ordem vinda de Ross Brown de que ele não passasse Lewis, beem mais lento que ele na altura da corrida.

E agora cÊs podem entender o motivo do pódio sem sal. Webber soltando fogo pelas ventas, de tanta raiva do Vettel, que se tocou que fez merda ao ignorar a ordem de equipe. "Mas ué, não pode passar o companheiro de equipe? Como é isso?". Poder pode, é claro, mas deve ser levado em consideração os motivos que levam a equipe a pedir que os pilotos se mantivessem naquela posição, principalmente quando se trata de Vettel e Webber - ou você esqueceu do episódio de 2010, na Turquia?

Ou seja, por precaução até entendo os motivos das equipes em dar a ordem de manter as posições. Por mais que seja chato não poder ultrapassar em uma corrida (Pô é corrridaaa!!!), em termos gerais, é melhor garantir os pontos que arriscar uma batida entre os pilotos ou uma parada nos pits por conta de desgaste maior de pneus ou falta de combustivel nas voltas finais.

No mais, Webber ficou tão chateado, que andou dando até entrevistas dizendo que iria parar de correr. Sabemos que também não é pra tanto - olha o Rubinho ai, po! Alias, o Massa, pra ser mais recente, assim como Vettel arranhou um pouquinho a sua imagem, afinal, o cara foi afoito e um pouco "fominha" pela vitória.

Não defendo aqui que o piloto deva ser apático ou que não seja ousado, mas Vettel foi infantil, na verdade, não foi profissional, ao ignorar a ordem vinda de quem lhe paga o salário. No mais, vamos ter uma folguinha da F1, que só volta dia 14, no gp da China. Até lá, muita coisa ainda vai rolar!

Comentários

Postagens mais visitadas