Brasil Acordou?

Ainda não havia escrito nada sobre os protestos iniciais acerca do aumento da tarifa em São Paulo porque preferia acompanhar tudo ao invés de me manifestar. Sabia que isso traria uma série de opiniões controversas e minha postagem só seria mais uma - não que eu queira ser "exclusiva".

Mas ontem fiquei demasiamente feliz ao ver que o que eu pensava sobre as manifestações de São Paulo (manipulação da esquerda, bem conhecida, em tornar comum um determinado assunto que provavelmente ninguém iria contra - ninguém gosta de aumento de preços, com apelo emotivo) mudou e muito.

O que antes era um movimento em que se viam partidos da extrema esquerda levantando suas bandeiras em prol de um movimento que parecia anti-estado mas, pedia mais estado ( Passe Livre? Quem vai pagar? Você!), ontem se viu pessoas das mais diversas capitais do país indignadas, cansadas, caminhando e gritando palavras de ordem que denotavam exatamente a alma fatigada do brasileiro.

Enquanto o estado gasta rios de dinheiro e ri da nossa cara, fingindo pro mundo que aqui tá tudo bem e que somos um país lindo e receptivo para a tal Copa das Confederações/Copa do Mundo, milhares tomaram as ruas em demonstração de que quem tem o poder são eles e não um pequeno número de pessoas que se dizem nossos  representantes.

Foi lindo ver a imagem de pessoas marchando em Brasília, rumo ao Congresso; o mar de gente na praça sete em Belo Horizonte; a expulsão de partidos no movimento em São Paulo; a multidão na Av. Rio Branco no Rio e dentre outras tantas cidades que se uniram em protesto ao estado e seu modelo de gestão.

Aqui em Fortaleza também teve. Partiu da Av. da Universidade e foi até o Hotel Marina Park, onde a seleção brasileira se encontra hospedada para o jogo contra o México amanhã, no Castelão. O protesto aqui foi exatamente contra os gastos e a farra com o dinheiro do povo roubado (sim, porque contribuição é algo voluntário e não imposto!).

Estou emocionada de fazer parte dessa geração que sabe o que é melhor pra si e não se curva diante das falsas benesses estatais. Já dizia uma blusa do Libertários que sempre uso: 

"A esquerda quer ser seu pai, a direita quer ser sua mãe. Nós queremos que você CRESÇA."

Comentários

  1. É por aí mesmo..
    complementando sua análise: http://www.bastiatbrasil.blogspot.com.br/2013/06/manifestacoes-pelo-brasil-o-que-esta.html

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela dica, Guilherme! Não conhecia o blog!

    Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas