Concurso e Seus Tipos

Ahhh os concursos! Já não basta você ir e ser vista pelos fiscais  como uma agente potencial  da CIA ou KGB especialista em gabaritos de concursos, cê ainda tem que ir e dar de cara com gente realmente bizarra. Antes de explicar o tipo de gente que eu acho bizarra em concursos, devo lembrar ao leitor que é a minha percepção e, portanto opinião - e você não é obrigado a concordar! Dito isso, vamos lá para os tipos:

Vai fazer prova ou acampar? Tem gente que faz um verdadeiro mer-can-til e leva pra sala de prova. Não entendo como é que a pessoa vai comer tudo o que trouxe na sacola do supermercado e fazer a prova. Já fico bem agoniada quando estou com a garrafinha de água molhada e pingos caem na prova, imagina uma pessoa que acabou de comer ruffles ou chocolate em barra? Não precisa disso gente, são no máximo 5 horas de prova e você não morre, tá?

A paranóia das canetas. Não basta levar 2 canetas, tem que levar 10 e arrumá-las bonitinhas, uma a uma, na cadeira. Óh céus! Minha fia, venda logo que é mió!

Concurso Fashion Week. Olha, creio eu que todo mundo gosta de estar confortável na hora de estudar e, mais ainda na hora de estar sob pressão ao fazer uma prova. Então menina, pra que diabos ir de salto agulha ou com uma roupa que você tem que ficar ajustando no corpo direto pra não aparecer de mais?

O mochileiro. Tudo bem que o cara pode até chegar de um lugar, ser de outra cidade, mas... pra que diabos andar com uma mochila gi-gan-te se você pode deixá-la no hotel/pousada? E não basta só a mochila, tem de estar com o look completo: regata + bermuda camuflada + botas. 

O Livreiro. Não sei mesmo pra que alguém leva vários livros pra uma prova que não permite consulta. Pra que meu Deus, pra que?


Por enquanto é isso! Terei provas de concursos em todos os finais de semana deste mês de maio e, qualquer coisa, atualizo este post.



Inté.

Comentários

Postagens mais visitadas