Loser

Não sei qual é a obsessão das pessoas pelos concursos públicos. Não sei como alguém vive satisfatoriamente trabalhando para uma empresa que nasceu para não ser eficiente e gasta o dinheiro alheio tolhido compulsoriamente. Mas quem sou eu para falar da satisfação alheia, não é mesmo?

Concurso público hoje no Brasil se tornou status. Quem passou tem o respeito e merece o céu. Quem não passa é visto como um fracassado, alguém que fez escolhas erradas na vida e merece estar onde está. Na minha opinião, uma visão totalmente distorcida daquilo que deveria ser apenas uma opção e não uma obrigação.

Queria eu ter oportunidade de fazer uma empresa crescer, de melhorar a gestão, de ajudar na tomada de decisões, de me sentir produtiva e de ser gente. Hoje parece que não passo de exemplo de fracasso para os outros. "Olha lá... lá vai aquela que sempre estudou, sempre foi nerd e hoje não passa de uma desempregada. Tem graduação, pós-graduação, mas sabe como é, não quis fazer concurso. Por isso depende da mãe até hoje."

É isso que carrego nas costas. Se eu quiser aumentar o peso na mochila, deveria tentar abrir uma empresa. Aí sim, pacote completo! Além de ser fracassada por não almejar ser funcionária pública, ainda tentarei empreender em um país como o Brasil. Será que não me canso de ser loser?

Nessas horas tenho vontade de dar reset na vida e procurar onde foi que errei tanto pra ser tão fracassada. Será que erro tentando fazer as coisas de forma mais independente? Será que erro ao não ter como foco um cargo que eu nem sei o que faz mas que me garantirá estabilidade e um salário de dar inveja a qualquer um na minha rua? O que diabos há de errado comigo? 




Comentários

Postagens mais visitadas