A Vitória do Estereótipo

Não há nada mais clichê que um instituto paulista (que se diz liberal) poste uma imagem que mostra um Brasil dividido pelos votos. De um lado, ~ os miseráveis dependentes do assistencialismo e, do outro, o Brasil que realmente trabalha, paga impostos e sustenta todo o resto ~.

Para mim, a função de um instituto liberal deveria ser a de mostrar que o indivíduo consegue vencer por meios próprios, ou seja, deveria incentivar postagens que resgatassem a autoestima brasileira que se acostumou a achar que o Estado e somente ele seria solução para os seus problemas. Ao invés disso, preferiu reforçar o esterótipo do miserável nordestino que vive de migalhas.

Pessoalmente, não concordo com o programa Bolsa Família. Acho que se o governo deixasse as pessoas livres para empreender em suas vidas, bem como as deixassem viver sem os sufocantes impostos, pouquíssimas pessoas viveriam apenas de transferência de renda.

Porém, não posso negar que o indivíduo reage aos incentivos. Alguém que vive em condições desfavoráveis e de repente passa por mudanças significativas em sua renda é claro que manterá no poder aquele que mudou isso (não importando o preço a ser pago pelas gerações futuras).

Logo, a melhor postagem seria aquela que sugerisse que os problemas não são resolvidos pelo Estado que, na verdade, é o contrário: o Estado é o problema e o indivíduo é a solução. O indivíduo e sua constante ação em mudar e melhorar a sua ambiência. 




Comentários

Postagens mais visitadas