Birdman


O que falar deste filme que conheci pelo arrastão de premiações que levou e já considero pacas? Meme à parte, que filme, amigos! Justifica todas as premiações, sem dúvidas! Estou até um pouco confusa em como escrever este post, pois a ideias pipocam só de lembrar dessa belíssima película.

Saibam que vocês darão com a cara em metaliguagem pura! A crítica fina e linda à indústria cinematográfica e ao teatro (sim, há aquela velha comparação entre os que fazem teatro como se fossem mais atores que aqueles que ganham milhões em blockbusters), bem como vários tipos de referências de diversos filmes.

O drama conta a história de um ator que em tempos outrora era conhecido por ter feito um personagem que caiu nas graças do público. Porém, com o passar do tempo, ele experimenta a pior sensação que um ator pode sentir: o esquecimento. Então, como forma de voltar ao estrelato, decide montar uma peça na Brodway e ai começa toda a crítica ao mundinho das celebridades e de hollywood.

O mais legal nesse filme é que você muda a perspectiva a todo momento. Às vezes parece que o filme faz uma alusão à própria carreira de Michael Keaton (tá muito bom no elenco, mas vai perder pro Eddie, sorry), ao mostrar praticamente o que houve na carreira dele (batman, esquecimento e volta aos estúdios); em outro momento parece que estamos vendo um cisne negro noutro formato, mas com as mesmas crises e alter egos.

Some isto a uma trilha maravilhosa, com uma bateria de jazz ao fundo, além da fotografia conhecidamente competente de Lubezki, a forma que o filme todo foi filmado, com todo o movimento perfeito e que não compromete em nada a montagem e edição do filme.

Resumindo: Birdman é um verdadeiro deleite aos cinéfilos que adoram filmes ousados e críticos. Só acho que não leva o Oscar, pois há um outro projeto ainda mais ousado e totalmente diferente do que já foi visto (exatamente uma das críticas que Birdman faz ao pedir um cinema com mais inovações que não sejam traduzidas em explosões ou carros que se transformam em robôs).

E vocês, o que acharam?

Comentários

Postagens mais visitadas