Selma


Selma se refere a uma cidade dos EUA que ocorreram um dos vários atos de Martin Luther King contra o racismo. É um filme muito bem dirigido e com doses generosas de imagens que nos fazem pensar o quão imbecil é o discurso de ódio que ainda separa indivíduos por sua cor da pele.

Confesso que nestas cenas meu estômago embrulhou. Como a cor da pele de alguém pode ser motivo para a violência? Como pessoas movidas por uma suposta superioridade são tão cegas a ponto de maltratar de tal forma seus semelhantes?

Creio que fora isto que passou na cabeça de algumas pessoas ditas brancas que se juntaram à causa - e infelizmente algumas pagaram com a vida por isso, sempre se perguntando se tais atitudes segregadoras faziam sentido.

Mas, voltando ao filme, o mote principal é na luta pelo direito do voto dos negros. Muitos morreram e sofreram agressões para pressionar o presidente da época, Lyndon Johnson, mostrando como este teve dificuldades políticas para mover alguma palha em relação a isto.

Enfim, um filme para entrar no hall daqueles que emocionam e ao mesmo tempo revoltam. Pena que estará disputando o Oscar com filmes mais ousados. Porém, vale as duas horas assistidas.




Comentários

Postagens mais visitadas