Será?

Quase sempre nos sentimos especiais. Achamos que possuímos algo único e incomum que nos torna diferente de qualquer outro ser. Este dom geralmente é mostrado na tenra idade, quando nossos pais nos elegem como alguém realmente extraordinário.Com o passar do tempo e algumas cacetadas a mais, nos questionamos sobre essa tal excepcionalidade: será que somos mesmo especiais no mundo? Será que nascemos predestinados a fazer uma determinada coisa, a sermos bons em A ou B? E se não soubermos identificar a tempo a nossa razão de ser especial. Aliás, especial para que? Especial para quem? Sou eu, especial para você?

Comentários

Postagens mais visitadas