Prefiro

Lidar com a pressão de fazer o outro feliz não é fácil, te suga energia e faz com que acabemos sendo algo que não somos. Às vezes nem conseguimos nos fazer feliz, que dirá um universo completamente distinto do nosso. Até tentei fazer isso e obvio, fracassei. É impossível ser o motivo do sorriso de alguém se nos impomos a obrigação de fazê-lo. Deixar de fazer algo, dizer algo ou simplesmente ser algo por medo ou receio do que pode acarretar ao outro é não viver. Dito isso, prefiro morrer a viver morta em mim mesma.

Comentários

Postagens mais visitadas