Mau Contato

Enquanto escrevo esta postagem no meu netbook de 7 anos, estou torcendo para que o mau contato da sua fonte não o faça desligar antes de terminar essa besteirinha. Além disso, o Art Blackey que tá truando em meus ouvidos o faz através de um fone que oscila entre transmitir som no meu ouvido direito ou esquerdo. Anteontem, no kart, um simples toque no freio ora me fazia deslizar e rodar, ora me permitia tangenciar perfeitamente aquela curva maledita. Na sexta, o teclado foi do doce ao amargo numa velocidade maior que o desligamento dessa fonte. Eu hein, parece que estou numa bolha de mau contato! Se não são os aparelhos eletrônicos, são as mensagens que chegam ruidosas às pessoas - o que provoca um efeito pior que chiados, acredite.

Às vezes nos deixamos iludir pela breve estabilidade proporcionada pelo mau contato. Sorrateiro que nem ele, pode cortar a comunicação de forma implacável, fazendo com que uma simples frase ou emoticon mude todo o sentido do que estavas a dizer. Nós sempre achamos que depende da nossa posição. "Se eu ficar mais assim ou assado, dá certo". Aham, dá demais, amiguinho, espere só que verás a tela preta, falta de som ou zero notificação. Incrível como um mau contato na comunicação é capaz de cortar a fluidez de uma relação. Se você digita uma frase com o emoticon errado, já era: fale agora ou cale-se para sempre.


Comentários

Postagens mais visitadas